A Cor Do Amor ( 18º Capítulo )

No dia seguinte o Benfica iria jogar contra o Braga por isso Ana teve o dobro do trabalho mas claro que teria sempre alguém por perto a ajudá-la e nesse dia não seria excepção.

Ana ainda estava a lar os corredores quando apareceu o plantel inteiro do Benfica que tinha acabado de treinar, Ana olha e vê David este pisca-lhe o olho e sorri-lhe pelo que deixa Ana um pouco envergonhada.

O plantel vai então jantar apesar de serem apenas 19:00 horas da noite da o jogo seria às 10:00 horas por isso convinha eles comerem cedo, mas quando Ana pensa que está sozinha aparece-lhe de novo David lindo como sempre.

 

David – Oi, Você sabe me dizer onde eu posso encontrar a menina mais bonita desse Estádio?

 

Ana – Desculpe lá, mas lhe sei dizer não.

 

David – Sabe sim, ai tá tudo bem?

 

Ana – Tá tudo sempre muito trabalho, mas tem de ser.

 

David aproxima-se de Ana e agarra-lhe a cintura sussurrando-lhe ao ouvido:

 

David – Eu tou louco prá te beijar, já não imagino a minha vida sem você.

 

Ana – David aqui não a sério, ainda no vêem e depois despedem-me e não quero isso.

 

David – Tá bom, eu espero.

 

Ana – Ainda bem que me entendes, obrigada ( e dá-lhe um pequeno beijo na bochecha)

 

David – Quero ver você no jogo aqui logo à noite.

 

Ana – David estou muito cansada não sei se me apetece.

 

David – Ah não, não diz isso não, preciso de você prá me incentivar por favor, além disso a sua amiga Andreia também vem.

 

Ana – Aí tá bem David Luiz convenceste-me depressa.

Agora vai porque o meu chefe vem ai e se nos vê mata-nos.

 

David – Tá bom, te vejo logo à noite nos camarotes.

 

David acena e sorri a Ana, tal como previsto Ana e Andreia começaram-se a arranjar para ir ver o jogo dos camarotes.

Andreia estava indecisa quanto à roupa que havia de levar pois queria impressionar Ruben.

 

Ana – Andreia, vai natural assim é que és bontita.

 

Andreia – Eu sei, mas não quero ir de qualquer maneira.

 

Ana – Isso sei eu, para agradar uma certa pessoa.

 

Andreia – Oh cala-te.

 

Por fim ambas acabam de se arranjar e saem então de casa, ao chegarem lá dirigiram-se para os camarotes onde já se encontravam lá as mulheres de alguns jogadores como por exemplo do Fábio Coentrão, e Luisão. Ana e Andreia sentaram-se lá à beira delas, como previsto Ana não resistiu e foi espreitar ao vidro o aquecimento que os jogadores faziam e então viu David . Entretanto no campo

 

David – Ah ela veio, tá linda.

 

Ruben – Eih, não te distraias por favor! Meu deus a Andreia tá uma brasa.

 

David – Viu não sou o único não ( e pisca o olho a Ana que o vê lá em cima )

 

Nos camarotes

 

Ana – Olha para eles, estão tão concentrados naquilo que fazem.

 

Andreia – Desculpa, mas o David está concentrado em ti.

 

O jogo começa e todos ficam nervosos, nos camarotes nenhuma das mulheres e amigas dos jogadores não conseguiam ficar caladas e todos gritavam mas lá no final o Benfica ganhou. Apesar de Ana ser do Sporting ficou com contente por David, entretanto os jogadores vinham então aos camarotes ainda estavam com o equipamento vestido.

Logo chegam e beijam as suas respectivas mulheres e namoradas, entretanto Ruben e David aparecem, Ruben dirige-se a Andreia cumprimentando-a com um simples beijo na bochecha é então chegada a vez de David, ele aproxima-se de Ana segura-lhe a cintura e à frente de toda a gente dá-lhe um pequeno beijo na boca deixando os restantes de boca à aberta.

Por fim o beijo acaba e Ana está um pouco vermelha, David olha para ela e sorri-lhe.

 

David – Cê tá linda! Adorei ver você aqui esta noite você foi a minha inspiração.

 

Ana – Obrigada, também estás….

 

David – Todo suado hahahaha

 

Ana – É mas estás lindo como sempre David Luiz.

 

Andreia – Desculpem lá mas vocês andavam e não nos diziam nada?

 

Ruben – É mano não dizias nada ao pessoal. Que falta de consideração.

 

Ana – Nós tecnicamente não andamos porque ainda ninguém me pediu em namoro.

 

David – Isso não é um problema, olha ali mocinha ( David aponta para o meio do campo onde estava um enorme pano que dizias “ Quer ser minha namorada menina desconhecida ? “

 

Ana – Não acredito, tu fizeste isto para mim?

 

David – Fiz eu diz prá você que já não me imagino sem você.

 

Fábio Coentrão – Aceita miúda e sê bem-vinda à família Benfica.

 

Todos os restantes riem.

Antes de Ana responder qualquer coisa o Mister Jesus aparece e diz que quer falar com eles. Então eles lá vão se separando por alguns momentos.

David fora o último a sair do balneário pelo que Ana ficara sozinha à sua espera visto que Ruben e Andreia e os restantes foram festejar a vitória.

POR fim ele sai.

 

David – Vem comigo.

 

Ana – Onde vamos?

 

David – Ver as estrelas juntos aqui no Estádio e esquecer o resto do mundo.

 

Ana e David sentam-se nas bancadas ela senta-se por entre as pernas de David e ele utiliza os seus braços para rodear o pescoço de Ana, assim ficam lá até que David que estava impaciente quebra o silêncio.

 

David – Cê não respondeu à minha pergunta?

 

Ana – Pois não!

 

David – Ana , olha para mim, eu desde do primeiro momento que vi você soube que você era a tal, meu coração dispara sempre que te vê não consigo tar longe de você nem mais um minuto.

Eu te amo, meu amor. Agora me diz cê quer ser minha namorada?

 

Ana – David , sabes qual é a cor do amor?

 

David – Ué, não agora o amor tem cor?

 

Ana – A cor do amor, é a cor dos olhos da pessoa que está à minha frente.

Sim, és tu a cor do meu amor, só tu.

 

Proferidas estas palavras David sela aquela noite com um beijo muito terno pelo que a resposta estava dada e assim ficaram os noites sob a luz da lua e as estrelas que foram testemunho do firmamento de um amor.

 

   

elaborado por acordoamor às 20:59 | link do post | comentar